Seu cãozinho salvou sua vida duas vezes, ao detectar o que estava afetando seu corpo!

Curtis Young não tinha ideia, mas ele estava muito doente e nem imaginava, até que seu cachorro começou a demonstrar que algo estava errado. Ele tinha um tumor na cabeça que estava crescendo e era um grande perigo, o tumor de Curtis estava pressionando seu cérebro e em menos de seis meses iria causar-lhe uma paralisia e em um ano a morte. Mas ele não sabia que algo estava errado, até que seu pequeno Pinscher salvou sua vida.

Foi numa tarde, enquanto ele descansava no sofá de sua casa, o cãozinho subiu em seu colo e começou a morder e coçar a nuca do seu dono.

O homem achou aquele comportamento muito estranho, chegou até a pensar que estava com caspa, então resolveu ir ao médico e, após uma ressonância magnética, foi confirmada a doença, que ele começou a tratar.

Após uma cirurgia, onde retiraram completamente o tumor e, infelizmente, sua audição do ouvido direito ficou comprometida.

Depois de certo tempo, o cãozinho começou a  lamber as costas de Curtis. Mesmo ele o afastando afastado, o pequenino insistiu. Isso deixou Curtis mais uma vez intrigado e ele decidiu que seria uma boa ideia fazer um check-up médico.

Novamente, eles conseguiram encontrar um tipo de câncer de pele em Curtis a tempo.

Graças ao seu pequeno companheiro canino, sua vida foi salva. Curtis diz que seu mascote é muito especial , disso não há dúvida, ele é uma herói.

Muitos veterinários dizem que os cães têm a capacidade de cheirar e detectar o câncer, e é por isso que o que esse amiguinho fez não foi acidental.

Infelizmente, alguns dias antes do Natal, o seu fiel e dedicado cãozinho ficou gravemente doente e os veterinários sugeriram que era melhor sacrificá-lo.

Felizmente, Curtis não desistiu e descobriu quem poderia salvar seu pequeno companheiro.

A vida de Young mudou radicalmente, ele passou por um divórcio e seu cachorrinho por uma cirurgia delicada, mas os dois permanecem juntos e fiéis um ao outro.

Sem dúvida essa dupla inseparável nunca mais irão se largar, depois de tudo que passaram juntos, é ótimo que eles tenham a capacidade de intuir que algo está errado, por causa desse grande presente, ele salvou a vida de seu mestre duas vezes, que felicidade que existem cães tão fiéis e especiais.

De acordo com  uma pesquisa nos Estados Unidos, os cães podem “farejar” o câncer em amostras de sangue e saliva com 95% de precisão. Os resultados do estudo foram apresentados na reunião anual da Sociedade Americana de Bioquímica e Biologia Molecular em Orlando, Flórida.

De acordo com os pesquisadores, os cães têm 300 milhões de receptores olfativos, enquanto os homens têm 5 milhões. Além disso, a parte do cérebro do cachorro dedicada ao olfato é 40 vezes maior do que a dos humanos, o que faz com que os animais tenham um sentido apurado.

Geralmente, os animais já podem reconhecer os “odores” associados ao câncer de mama, câncer de pulmão, câncer de próstata, câncer colorretal, câncer de tireóide, melanoma, linfoma e carcinoma de células renais. Em amostras de sangue, a taxa de precisão chega a 97%.

Agora que você conhece essa incrível curiosidade sobre o olfato do seu melhor amigo peludo, com certeza vai olhar para ele com outros olhos, esta é a melhor maneira que ele tem para conhecer e se adaptar a todos ao seu redor.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *