Mulher instala câmera para descobrir por que não consegue dormir direito a noite e se surpreende!

Kristin Wolf e seu cachorro, Fenway, vivem juntos há muito tempo e eles não se largam, nem mesmo na hora de dormir.

Fenway adora descansar ao lado de sua mãe e ela, por sua vez, se sente mais segura. Kristin estava tendo problemas para dormir ultimamente e então decidiu instalar uma câmera para descobrir o que estava acontecendo durante a noite.

A mãe desse menino adorável acordava várias vezes durante a noite, muitas vezes com dores pelo corpo, começou a ficar desconfiada de que alguma coisa estranha acontecia em sua cama, enquanto ela dormia, ou pelo menos, tentava dormir.

Kristin teve a ideia de instalar uma câmera secreta em seu quarto, assim poderia descobrir o que a estava impedindo de dormir direito à noite.

Kristin não queria culpar seu cãozinho por ter seu sono interrompido e resolveu investigar o que acontecia à noite, e porque estava tendo alguns problemas para ela dormir.

Sempre acordei deitada de lado ou mesmo ao pé da cama“, disse Kristin.

A mulher intrigada, então, decidiu descobrir por si mesma.

Kristin comprou uma câmera de segurança e colocou no quarto dela. Obviamente, o peludo não tinha ideia de que seus movimentos noturnos estavam sendo rastreados…

A mulher conta: “Achei que estava com algum problema de sono, que eu é que me movia muito. Não percebi que ele fica tão perto a noite toda“.

Quando Kristin assistiu ao vídeo na manhã seguinte, ela ficou surpresa ao ver que Fenway estava relativamente calmo durante a noite.

Na verdade, Kristin era a única que perturbava o sono do cãozinho, quando tudo o que o filhote queria fazer era se aconchegar.

O que me surpreendeu foi que na verdade quem se move demais sou eu mesma“, disse Kristin. “Eu não percebi que ele fica tão perto a noite toda“.

Kristin postou o vídeo no Facebook, onde centenas de mães e pais de cachorros acabaram se identificando com seu caso.

Estou muito grata que o meu cão me deixa dormir no canto da sua cama. Esta foi uma boa noite e ele me deixou dormir até tarde“. (Risos).

Fenway sofre de blastomicose, uma doença altamente fatal. É uma doença pulmonar causada pela inalação de esporos do fungo Blastomyces dermatitidis; ocasionalmente, o fungo tem disseminação hematogênica, provocando doença extrapulmonar. Os sintomas são de pneumonia ou da disseminação para vários órgãos, em geral, a pele.

São mais frequentes em raças caninas grandes.

Em 85% dos cães afetados apresentam pneumopatias. Os olhos, pele, sistema linfático e ossos são afetados comumente. Já os menos comumente afetados são o encéfalo, testículos, glândulas mamarias, cavidade nasal, gengiva e vulva.

Depois de anos de tratamento, o pequeno grande cão agora está em remissão, mas essa nova etapa da sua saúde apresenta algumas variáveis ​​na hora de dormir, algo que sua mãe pôde notar no vídeo.

Kristin adicionou: “Quando ele estava doente, ele ficava ainda mais sensível. Sempre ficava sob meus braços, se aninhando como um filhotinho. Agora, ele preferiu deitar entre meus joelhos, novamente“.

Sim, Kristin descobriu também que Fenway tem alguns hábitos que ajudam a causar alguns problemas de sono, como sua preferência em roubar o cobertor à noite, mas sua mãe não trocaria a companhia desse peludo nem sua rotina para dormir, por nada nesse mundo.

Kristin disse: “Eu acabei um relacionamento porque a pessoa disse que não gostava quando eu deixava ele dormir na minha cama“.

A Blastomicose é muito grave e o caminho para sobreviver é o diagnóstico precoce, mas infelizmente raramente é diagnosticado corretamente. A blastomicose não é de forma alguma rara. Para obter um diagnóstico se suspeita que o seu cão o tenha, peça ao veterinário um exame de urina.

Não tenha medo de perguntar ao teu veterinário sobre isso, se desconfiar de algo, muitos veterinários não sabem o suficiente sobre isso.

E você, como dorme com seu animal de estimação??? A noite é tranquila? Comente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *