Cadela Pitbull ataca criminoso que tentou roubar mulher e salva sua vida: ‘Virou minha heroína’

Uma cadela da raça Pitbull foi alçada à heroína em Essex, na Inglaterra (Reino Unido), após impedir uma violenta tentativa de roubo contra uma mulher de 30 anos que é amiga de sua família.

No último dia 5, durante uma caminhada noturna no parque Southend-on-Sea, Amy Edmondson foi abordada por um homem e uma mulher pedindo informações, de acordo com o jornal local ‘The Basildon Canvey Southend Echo’.

“Enquanto eu estava conversando com a mulher, o homem simplesmente pulou nas minhas costas, me empurrando para o chão e colocou uma faca na minha garganta”, disse ela ao jornal. “Eles ficavam dizendo, dê-me seu dinheiro, onde está o seu dinheiro, precisamos do seu dinheiro agora.”

Em meio à cena, Amy conta que ficou extremamente assustada e temia por sua vida – e pelo que poderia acontecer com seu filho de 9 anos. “Eu só pensava que meu filho cresceria sem mãe e meu cachorro ficaria sem mim”, disse a jovem.

Felizmente, a cadela Pitbull Star não tinha nenhuma intenção de deixar isso acontecer!

Leia também: Cuidadora de cães se apaixona por cadelinha rejeitada que esperou 6 meses para ser adotada

Ao ver tudo aquilo, a tutora de Star largou sua coleira e deixou a cachorra correr até os criminosos. Sem pensar duas vezes, ela pulou sobre os indivíduos, mordendo-os e assustando-os de imediato.

Graças à ação rápida da Pitbull, Amy escapou da tentativa de roubo prometendo a seus agressores que haveria justiça pelo que fizeram com ela.

“Star salvou minha vida”, disse a mulher a um jornal do Reino Unido. “Na verdade, foi realmente estranho para ela – ela é a cachorrinha mais amorosa no dia a dia, ela lamberia qualquer um ao invés de atacar”‘, acrescentou.

Leia também: Gatinho vira cuidador e melhor amigo de vovô diagnosticado com câncer de medula óssea

Amy fez questão de expressar toda sua gratidão à cadela após o incidente e presenteá-la com algumas guloseimas e abraços tão merecidos.

“Fiz um jantar caprichado e dei-lhe muitos abraços naquela noite [após o susto]”, completou a britânica.