Cachorrinho que serviu 10 anos como cão de resgate se aposenta e é homenageado por sua equipe

Devido ao seu olfato e audição apurados, os cães são amplamente utilizados como parceiros das equipes de resgate, especialmente bombeiros e outros trabalhadores humanitários acostumados a resgatar com frequência pessoas vítimas de acidentes.

Não à toa, quando um desses queridos doguinhos falece, o luto e a dor da perda podem ser incomensuráveis, ainda mais para seus parceiros de uma vida.

A despedida vai além de uma mera cerimônia: quando um cão de resgate morre, eles são lembrados com mesmas honras dedicadas aos oficiais militares, tais como os policiais e os bombeiros.

Esse foi o caso de Cartouch, um fiel cachorrinho da raça border collie que serviu com bombeiros e equipes de resgate em Lot-et-Garonne, na França por cerca de uma década.

Leia também: Cãozinho que era colocado pra fora de casa toda noite porque ‘latia demais’ é acolhido por ONG

Cartouch fazia parte das forças especiais de resgate do corpo de bombeiros local, onde muitas vezes era levado às montanhas geladas da região para realizar salvamentos.

Em muitos desses resgates, o cachorro é visto em fotos cavando na neve, dedicado a encontrar os indivíduos desaparecidos com absoluto afinco.

Após dez anos de serviço, Cartouch foi aposentado em 2018.

Leia também: Cachorrinha de rua com tumor na calda passa por cirurgia gratuita e se recupera totalmente

Desde então, o doguinho pôde passar os anos seguintes com tranquilidade ​da casa de um dos bombeiros que trabalhava com ele.

Mas seu legado não parou por aí: um dos filhos de Cartouch, chamado Jet, entrou para a corporação, ocupando o espaço do papai. A lealdade de ambos os cães foi elogiada pela “Groupe Cynotechnique Sapeurs Pompier 47″, equipe de resgate profissional da França.

“Cartouch impressionou a todos que conheceu com seu talento, velocidade de execução e perfeição. Ele era um cão cheio de talento, qualidades e capaz de proezas. Uma parte de nós pode ficar sossegada depois desta imensa e magnífica carreira ao serviço dos outros que Cartouch nos deu”, disse um porta-voz do grupo em um post no Facebook.

Uma prova de que o cão não é apenas o melhor amigo do homem, mas também o seu melhor companheiro, mesmo em atividades tão duras e perigosas como dedicar-se ao resgate de pessoas que sofreram acidentes.