Cachorrinha cega e surda ‘pede’ para ser adotada após uma vida de maus-tratos: ‘Merece ser feliz’

Todos os animais resgatados em situação de vulnerabilidade merecem uma nova chance de serem felizes, incluindo aqui os idosos e aqueles que possuem alguma deficiência.

É o caso de Prince, uma cachorrinha idosa que aguarda adoção em um abrigo de Strasbourg, na França, onde seus cuidadores fazem o possível para manter a qualidade de vida dela ao passo que procuram famílias dispostas a adotá-la.

Leia também: Cachorrinho que serviu 10 anos como cão de resgate se aposenta e é homenageado por sua equipe

A cadela de 13 anos viveu no abrigo da Sociedade Humanitária de Estrasburgo há cerca de um ano, após uma vida inteira de maus-tratos e negligência por parte de seus antigos donos.

Agora, os voluntários e ativistas da ONG não medem esforços para encontrar um lar seguro e amoroso para ela.

“Prince , nascida em 2007, está no abrigo desde 3 de Dezembro de 2020. Tendo parado de ser vítima de maus-tratos aos 12 anos, após uma vida de privação e abandono, Prince teve, pela primeira vez, a sorte de ser resgatada. Fazemos todo o possível para cuidar dela e prover o necessário para que ele recupere a boa forma” , relatou o abrigo.

Leia também: Cadelinha adora passar o dia ouvindo seu irmão mais novo no ventre da mamãe

Além da idade avançada, Prince tem problemas crônicos de audição e cegueira. É mais do que urgente que alguém lhe dê a oportunidade de passar seus últimos anos de vida em paz.

“Sempre animada e enérgica, ela lida bem com sua surdez e deficiência visual, além de apreciar os mimos que damos a ela [no refúgio], o calor de uma caminha confortável e passeios externos. Para preservar sua paz e sua idade, não vamos disponibilizá-la para adoção entre famílias com crianças. Se você quer fazer uma boa ação, ligue para nós, Prince é uma cadela que merece um grande final de vida”, completou a organização.

Esperamos que Prince seja adotada em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *