Cachorro vai até delegacia de polícia para relatar seu próprio desaparecimento

Uma cena inusitada chamou a atenção de uma delegacia de polícia em Odessa, no Texas (EUA), e que eventualmente se tornou notícia em todo o mundo.

De acordo com o Portal Amigo Cão, um cachorro apareceu na delegacia para relatar seu próprio desaparecimento. Para isso, o doguinho se dirigiu até o balcão, subiu nele e latiu, com se quisesse falar com alguém.

Leia também: Soldado reencontra cachorrinha que ele salvou durante missão militar em país distante

Quem atendeu o animal foi o sargento Rusty Martin. Ele disse em entrevista ao ‘The Dodo’ que o cachorro não parecia muito perturbado por seu status de “cachorro reaparecido”. Pelo contrário, se divertiu bastante com a situação pouco usual.

“Estávamos todos animados por tê-lo no prédio. Tínhamos uma bola de tênis e a jogamos no saguão por um tempo. Todo mundo gostava dele”, disse Rusty.

A companhia agradável (e surpreendente) do cachorro tinha prazo para se findar, pois alguns minutos depois, os agentes que estavam de plantão não esqueceram o caso e logo trataram de encerrar o status de desaparecido do animal.

Isso porque ele estava usando uma coleira com suporte para microchip de identificação. O dispositivo havia caído em algum momento do trajeto do doguinho até a delegacia, o que motivou os policiais a acionarem o controle dos animais para procurá-lo.

Nesse meio-tempo, entretanto, houve outra reviravolta: decidindo que já estava “desaparecido” por tempo suficiente, o cachorro voltou para sua família… sozinho!

Leia também: Mulher dá carona para cãozinho perdido que encontrou tomando chuva na rua: ‘Precisava de ajuda’

“Ele saiu tão rápido quanto entrou”, disse Martin, depois de postar sobre o incidente no Facebook. “O proprietário respondeu no dia seguinte dizendo que era seu cachorro e ele voltou para casa. Ele mora a cerca de um quilômetro da delegacia”.

O agente de segurança ainda tirou sarro, afirmando que nunca viu um caso ser resolvido tão rápido. Chico, como o cão foi apelidado, relatou um desaparecimento e ele mesmo solucionou o caso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *