Cachorrinha Pitbull adota ave e passa a produzir leite acreditando ser sua filhote

Peggy é uma cachorrinha Pitbull que vive com a sua família em Coomera, Queensland, Austrália, e tem mostrado o significado da palavra amor ao cuidar de uma Pega-rabuda, uma das espécies de aves mais inteligentes do mundo, que havia sofrido um acidente em Setembro do ano passado.

Juliette Wells estava passeando com Peggy quando a cachorrinha encontrou a pega desfalecida no chão, no mesmo instante a mulher se prontificou a ajudar aquele pássaro.

Segundo o Daily Mail, Juliette juntamente com o seu parceiro Reece, entraram em contato com um especialista de vida selvagem para pedir orientação sobre os cuidados com a ave. E com muito amor e cuidado do casal a pequena se recuperou em uma semana.

Leia também: Regina Casé faz despedida emocionante para seu cachorrinho falecido Raj

“Conhecemos um especialista em vida selvagem que nos disse como cuidar dela. Ela dormiu nas primeiras 24 horas, não achamos que ela conseguiria sobreviver”, disse Julette.

Peggy se manteve ao lado da ave, que foi carinhosamente nomeada Molly, em todos os instantes. E por conta do laço que as duas criaram durante a recuperação, a ave não quis se afastar da família, por mais que o casal a incentivasse a voar para a natureza.

“Sempre deixamos todas as portas e janelas abertas e tentamos levá-la de volta à natureza, mas ela não tem interesse em nos deixar”, comentou a mulher.

A duplinha encantadora, protagoniza uma linda amizade. E um dos momentos adoráveis das amigas foi capturado por Juliette, que compartilhou a cena em um conta no TikTok.

Molly e Peggy estão deitadas de mãos dadas numa sintonia incrível. É muito amor! E pensar que Peggy não gostava de aves. O vídeo alcançou 2 milhões de visualizações.

“Antes de lançar este vídeo para o mundo, assisti mais uma vez e sabia que seria popular. Os números começaram a aumentar, foi quando eu soube que isso era realmente especial”.

Leia também: Soldados param na rua para cumprimentar cachorros de rua e acabam adotando cada um deles

O amor das duas é tão forte que Peggy começou a gerar leite, acreditando que Molly era sua filhote. E a ave, por sua vez, começou a bicar a cadelinha para beber. Claro, que o comportamento não condiz com as espécies, então a pit bull passou a usar uma roupinha para evitar que a ave a machucasse bicando, até que gravidez psicológica passasse.

“É loucura pensar que isso poderia acontecer, mas apenas mostra o vínculo incrível delas”.

Confira abaixo o momento em que as duas estão de mãos dadas:

A dupla têm um vínculo muito forte. Sempre juntas, não se desgrudam por nenhum minuto. E como é possível uma amizade acontecer assim?

Especialistas acreditam que o fato acontece porque criamos uma espécie de companheiros caninos que estão tão ansiosos por dar quanto por receber carinho. Então sua personalidade permite se aproximar de outras espécies. E como vimos no vídeo acima e tantos outros pela internet, é possível o cão se familiarizar com animais de outras espécies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *