Cadelinha diagnosticada com câncer comemora última sessão de quimioterapia em clínica

No último domingo (2), a cadelinha Luma, de Caldas Novas (GO), comemorou sua última sessão de quimioterapia em uma clínica veterinária após meses de batalha contra um câncer.

Logo, o jeitinho meigo da cachorra emocionou milhares de internautas nas redes sociais assim que a história viralizou.

De acordo com sua mãe adotiva, a Juliana Rudnik, Luma foi uma guerreira durante todo o tratamento e desde sempre tem sido rodeada de amor pela família.

Leia também: Soldado reencontra filhote abandonado que ele cuidava durante missão no exterior

Juliana é natural de Santa Catarina, e desde o início do ano passado mora em Goiás. Pouco após se mudar, adotou Luma, que é vira-lata e morou boa parte da vida nas ruas.

“Eu fui tratando, ela sempre com muito medo até que consegui a recolher para dentro do pátio”, disse a tutora.

Não demorou muito para Juliana descobrir que a cadelinha estava com câncer. Antes, suspeitava que estava grávida. “O médico disse que ela não estava prenha, mas estava com um volume no útero, aí optamos pela castração”.

Seis meses depois, Luma voltou a apresentar sangramento, então o veterinário a diagnosticou com câncer de vulva e doença do carrapato. O tratamento começou de imediato!

Leia também: Cadela grávida salva 4 idosos de incêndio que se alastrou por asilo, mas acaba gravemente ferida

Ao todo, foram necessárias 4 rodadas de quimioterapia e cerca de um mês de medicações contra a doença do carrapato.

Tudo deu certo ao final, após tanta luta. “Ela é apaixonada por nós, parece que ela agradece todos os dias o que fizemos por ela, super dócil, obediente, amada demais”.

Uma imagem da cachorrinha comemorando sua última rodada de quimioterapia viralizou nas redes sociais. “Minha mãe me pegou da rua, me castrou, me deu comida e caminha quentinha, e me curou do câncer.. EU VENCI O CÂNCER”.

“O amor de um animalzinho é o mais sinceros de todos os amores, sem preconceito, sem ganância sem mau algum puro e verdadeiro”, completou Juliana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *