Santuário acolhe 46 cachorrinhos da raça chihuahua que viviam em canil irregular

Quase 50 cãezinhos da raça chihuahua estão procurando por um lar amoroso depois de serem resgatados de um criadouro criminoso em Albuquerque, no Novo México (EUA).

O dono da propriedade irregular faleceu, deixando a situação dos animais ainda mais crítica.

Eles foram resgatados e desde então, pessoas de bom coração se uniram para cuidar dos cães, que são em sua maioria idosos, além de arrecadar dinheiro para os cuidados médicos de que precisam urgentemente.

A ONG People’s Anti-Cruelty Association (PACA), o mais antigo grupo de resgate de animais do estado, se ofereceu para levar de imediato alguns dos cães e ajudar a encontrar um abrigo ou lar definitivo para os demais.

“Não tenho certeza de como tantos cães chegaram ao mesmo lugar. Mas eu não penso muito sobre isso. Estando em trabalhos resgate por dez anos, eu me concentro no agora e no que posso fazer”, disse Julie Hart, uma voluntária da entidade.

Leia também: Cadelinha diagnosticada com câncer comemora última sessão de quimioterapia em clínica

Os cães estão recebendo cuidados 24 horas em um canil local, mas a maioria tem dentes podres e precisam de cuidados dentários extensos.

“O custo para isso não é barato”, disse Hart. Estima-se que para realizar o trabalho odontológico necessário são necessários cerca de US$ 1200 por cão (quase R$ 7 mil!).

O grupo de resgate iniciou a ‘Operação Chihuahua’ para ajudar a arrecadar dinheiro para despesas médicas e básicas.

“O canil que cuida deles não foi pago durante os dois meses em que os cães estão sob seus cuidados. Estamaos fornecendo cuidados médicos e lares adotivos para tantos quantos pudermos”.

Leia também: Cachorro resolve dar uma lição em motorista que jogou lixo na rua

Os moradores locais podem ajudar doando cobertores e toalhas para aquecer os cachorrinhos.

“Os chihuahuas gostam de estar aquecidos e isso requer muitos cobertores e toalhas de lã. Se você puder dispensar toalhas ou cobertores, por favor, deixe-os em nosso abrigo”, disse o grupo de resgate em um post compartilhado no Facebook.

Os doguinhos ​​estão esperando por uma família desde então. Esperamos que sejam acolhidos o mais breve quanto possível. Adote, não compre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *