Cachorrinha percorre 5 km ao lado do caixão de homem falecido que a alimentava todos os dias

Uma cachorrinha vira-lata caramelo comoveu centenas de pessoas que participavam do velório do monge Piyush Varsha Sadhwi Maharaj, também conhecido como Jain, em Vesu, Surate, Índia.

Os cães são animais nobres e por gratidão a quem os alimentam são capazes de tudo. O monge Jain, de 100 anos, muito amado por seus discípulos, partiu na última terça-feira, 4. Os discípulos e os habitantes locais percorreram cerca de 5 km carregando o corpo do monge para o crematório.

Leia também: Mulher chora de felicidade ao reencontrar cadelinha que passou dias desaparecida: ‘Fugiu de casa’

E dentre as pessoas que acompanhavam a cerimônia fúnebre, ali estava a vira-latinha. Se despedindo do único homem que não lhe deu as costas e sempre a manteve alimentada e amada.

O monge havia se mudado para aquela cidade há alguns anos e a cachorrinha já habitava na região. O idoso, compadecido com a peludinha, a alimentou. Passaram-se os dias e anos, e o homem nunca havia deixado de cuidá-la.

No dia do velório, a cachorrinha parecia ter entendido que ali era a sua despedida. Durante o trajeto, a peludinha não se desviou nenhum momento, permaneceu acompanhando o caixão em uma verdadeira reverência.

Leia também: Casal de ativistas acolheu 75 cachorros de rua em sua própria casa, tratando-os como parte da família

Segundo o News 18, os habitantes acreditavam que a cachorrinha iria embora. Mas não, a cadelinha permaneceu!

Terminada a cerimônia, a cachorrinha foi levada de carro pelos moradores de volta ao bairro.

Os cães são extremamente leais e sabem ser gratos àqueles que o amam. Seja um tutor presente! Não deixe os momentos felizes para depois, pois o amanhã poderá chegar mais cedo, infelizmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *