Pit bull de resgate salva vida de seu irmãozinho alérgico que foi picado por uma vespa

Há cerca de um ano, o namorado de Candia Merchant resgatou um Pit bull chamado Charlie de um lar abusivo. E desde aquele dia, Charlie retribuiu o favor tornando-se um fiel protetor da nova família.

“Ele passou de sem lugar para correr, sem brinquedos, sem camas, sem guloseimas, sem amor, para ter tudo”. Merchant disse ao portal The Dodo. “Se Charlie acha que algum de nós está ferido ou até mesmo fora de sua vista, ele não vai parar até que possa ir investigar por si mesmo.”

Charlie tem uma ligação profunda com Merchant e seus três filhos, mas ele é mais próximo de seu filho de 14 anos, Donald. E Charlie provou ser um herói ao salvar a vida de seu melhor amiguinho.

No mês passado, Donald estava no galpão procurando sua vara de pescar e suprimentos, quando uma vespa começou a zumbir ao redor. Não demorou muito para o inseto picar o jovem, que é alérgico ao ferrão.

Charlie estava de olho em Donald da janela da sala, enquanto o resto da família limpava a casa.

Leia também: Casal de ativistas acolheu 75 cachorros de rua em sua própria casa, tratando-os como parte da família

“Não o vimos ser picado, mas [Charlie] sim”, disse Merchant. “Charlie começou a correr para a frente e para trás em pânico, latindo para a janela, tremendo, e podíamos dizer que havia um motivo, já que Charlie não late muito.”

“Charlie sabia que Donny estava com problemas”, acrescentou ela. “Ele nunca agiu assim antes, com certeza sentiu que [Donald] estava em apuros e não parou até que percebemos e saímos para ver.”

Merchant foi até a janela e viu seu filho caído no chão, lutando para respirar. Ela correu para fora e o pit bull a seguiu, ainda latindo muito. Merchant não sabia que Donald era alérgico, mas ela reconheceu os sintomas, já que também era alérgica e pôde dar-lhe o remédio e levá-lo ao médico.

Felizmente, Donald se recuperou logo, mas Charlie não iria deixar sua pessoa favorita sair por conta própria de novo com tanta facilidade.

Leia também: Mulher chora de felicidade ao reencontrar cadelinha que passou dias desaparecida: ‘Fugiu de casa’

“Depois que meu filho foi picado, Charlie se recusou a sair de seu lado por quase duas semanas”, disse Merchant. “Ele se deitava sobre ele, sentava-se sobre ele e o seguia por toda parte – até mesmo para o banheiro.”

Donald e sua família não poderiam ser mais gratos a Charlie e sabem que, enquanto ele estiver por perto, eles estarão seguros.

“Eu sei que se não fosse por Charlie, Donny estaria morto”, disse Merchant. “Charlie não parou até chamar nossa atenção.”

Quando se trata de Charlie, “bom menino” é um eufemismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *