Carteiro encontra cão idoso morrendo de frio e o resgata

O carteiro Nate Ohlman estava apenas tendo mais um dia de trabalho numa manhã de inverno intenso, como de costume, quando foi surpreendido por um cãozinho morrendo de frio.

Ele entregava correspondências em um bairro no Missouri (EUA), quando de repente algo tomou a sua atenção, ele avistou um cão idoso que estava morrendo de frio, num acostamento.

 

Lá a temperatura raramente passa dos 10°C, com isso podemos imagina o quão o inverno do Missouri castigou o pobre cãozinho.

A situação mexeu com o coração do carteiro que resolveu intervir no triste destino do animal, sem pensar duas vezes tirou o cãozinho das ruas e o levou para um lugar mais aquecido, o mais rápido possivel. Nate tentou ganhar a atenção do cão fazendo barulhos e percebeu que ele ouvia bem pouquinho, praticamente surdo.

 

“Fiz diversos barulhos para ganhar a sua atenção, porém ele não me ouvia. Cheguei mais perto e gesticulei para ele vir até mim, então entramos no meu caminhão de correspondência.”

“Ele estava totalmente esgotado, com fome e frio,” disse Nate.

No caminhão mesmo o velho cão ganhou um nome, Nate o batizou de Sloan. Ele percebeu que o animal estava bastante cansado e magro.

 

Veja também: Morre cãozinho que ganhou fama ‘trabalhando’ em posto de gasolina de Mogi como frentista

Ele o alimentou e depois o levou ao veterinário, para poder checar o real estado de saúde de Sloan.

Nate deixou o animal na clínica, onde passou por uma bateria de exames, com isso Nate voltou para o seu trabalho, pois ainda tinha um grande dia de trabalho pela frente.

“Voltei a trabalhar mas ele não saía da minha cabeça. Ficava pensando o tempo todo se ele ficaria melhor, se estavam cuidando bem dele,” disse o carteiro.

No final de seu expediente Nate recebeu uma ligação da clínica, as notícias eram boas, Sloan não tinha doenças, apenas precisava de uma dieta adequada, para que ele pudesse melhorar a questão do peso.

 

Quando chegou no abrigo, os voluntários ficaram de coração partido com a situação do cãozinho. “Ele estava bem abaixo do peso e tinha feridas pelo corpo inteiro, mal conseguia ficar de pé ou andar sozinho por um longo período” disse a diretora da ONG KC Pet Project, Tori Fugate.

Nas semanas subsequentes ao acolhimento, ele começou a se alimentar com mais regularidade. Seu peso foi voltando ao ideal aos poucos, e os remédios ajudaram na cicatrização das feridas, ele recuperou também seus pelos e a sua saúde muscular.

Sloan foi adotado provisoriamente por uma família mais ou menos um mês depois do acolhimento, terminou seu processo de recuperação em casa.

O mais incrível foi que a ONG , convidou o carteiro Nate para adotar Sloan em definitivo, ele não pensou duas vezes e aceitou cuidar do cãozinho.

O carteiro ficou muito entusiasmado pois finalmente conseguiu adotar Sloan, e o encontro dos dois após meses de recuperação foi maravilhoso!

 

Veja também: Dona de gatinho cria Instagram para seu felino de duas patinhas e nos mostra sua reabilitação

O cão reconheceu de primeira o carteiro e não conseguiu conter a emoção, foram lambidas pra cá, patadas pra lá e alegria pra todo lado!

“Sloan é um cachorro idoso, eu acredito que pertenceu a uma família” comentou. “Seu jeito e suas atitudes são a maior prova disso. Alguém fez algo desumano. quero ser o mais humano possível pra ele”

2 thoughts on “Carteiro encontra cão idoso morrendo de frio e o resgata

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *