Cadela ajuda dono a resgatar gatinho abandonado em uma trilha na floresta

Uma habilidade muito conhecida dos cães são seus sentidos mais desenvolvidos do que os nossos. Eles são capazes de perceber cheiros e sons que talvez uma pessoa não pudesse. Essas habilidades permitiram uma cadela resgatar um gatinho em apuros que foi abandonado no meio de uma floresta em Ohio, Estados Unidos.

Cerca de 6 meses atrás, Chris Garrinson adotou a cadela heróina, Amaretto, de um abrigo local. Quando ele viu o anúncio nas redes sociais, logo percebeu que havia algo nela que era único e especial.

Eles estavam um passeio pela floresta em um dia de exercícios, atividade que já faz parte do cotidiano da dupla. Chris estava andando de bicicleta, enquanto Amaretto corria feliz ao lado dele.

Leia também: Pit bull de resgate salva vida de seu irmãozinho alérgico que foi picado por uma vespa

Mas então, aparentemente ao acaso, a peluda parou e sua atenção de repente se fixou em algo fora do caminho arborizado. Vendo a atitude estranha de seu pet, Garrison também parou.

“Ela começou a prestar muita atenção na floresta à nossa esquerda”, disse Garrison ao portal The Dodo. “Desci da bicicleta e ouvi o miado.”

Depois de um momento, percebendo que Garrison também ouvia o som, a cadela heroína disparou para a floresta em direção ao miado. “Amaretto me levou até o gatinho, que subiu cerca de 2,5 metros em uma árvore”, disse o aventureiro.

Felizmente, o momento emocionante foi gravado e compartilhado nas redes. Confira o vídeo abaixo:

Leia também: Cão que vivia no lixão e implorava para ser adotado ganhou um lar amoroso ao lado de seu amigo

Como o gatinho chegou lá ainda não sabemos e permanece como um mistério. Mas o local é tão remoto que ela provavelmente nunca teria sido encontrada se não fosse por Amaretto. Chris suspeita que, num ato de crueldade, alguém jogou o gatinho ali, esperando que sua atitude passasse despercebida.

“Eu embalei o gatinho em meu braço. Ele imediatamente começou a ronronar, o que foi minha primeira pista de que ela já tivera bastante contato humano antes”, disse Garrison. “Eu também não vi ou ouvi nenhum outro gato por perto, o que me leva a acreditar que ela foi abandonada lá.”

Mas, graças ao cão alerta, o gatinho agora estava seguro. Garrison, com o gatinho nos braços e seu filhote ao lado, voltou para o carro.

Lá, Amaretto continuou a zelar pela pequena vida que ela salvou. O gatinho solitário não estava mais sozinho. E ela ainda tem um nome: Fuji.

aa

Leia também: Americano se reencontra com cachorro perdido após 4 anos sem vê-lo

Depois disso, Garrison levou Fuji para o abrigo Licking County Humane Society, onde foi descoberto que ela não estava com microchip, tecnologia muito utilizada nos Estados Unidos para guardar informações do dono em caso de fuga. Os funcionários receberam a gatinha de braços abertos e anunciaram que ela estava disponível para um lar amoroso.

E em pouco tempo, graças às ações heroicas de Amaretto, a gatinha estava a caminho de um lar amoroso e feliz.

Para Garrison, Amaretto sempre foi mais do que apenas uma parceira de exercícios, ela tem sido uma amiga fiel e um membro genuíno de sua família. Mas depois de vê-la naquele dia na trilha, ele agora a considera algo ainda maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *