Mulher decide adotar cãozinho e encontra seu pit bull desaparecido há dois anos: ‘Me sinto inteira de novo’

Já falamos aqui diversas vezes que a dor de perder um animalzinho de estimação amado é um buraco para sempre em seu coração. Agora imagine reencontrá-lo? Depois de dois anos, um cãozinho mistura de pit bull com rottweiler chamada Kovu está finalmente de volta à casa a que pertence.

Tutora reconhece cão em site de adoção - Foto: arquivo pessoal

Leia também: Mulher tem reencontro emocionante com buldogue francês que foi roubado e encontrado a 1000 km

Kovu foi adotado por Aisha Nieves, no condado de Schuylkill, Pensilvânia, quando tinha apenas 7 semanas de idade. Ele era um membro querido da família dela até maio de 2019, quando passou por uma parte quebrada da cerca e desapareceu.

“Eu descobri que ele tinha ido embora quando cheguei em casa mais tarde naquele dia e ele não estava lá para correr até mim e me dar beijos como sempre fazia”, disse Aisha. “Eu busquei por toda a casa e não consegui encontrá-lo, então procurei na cidade por uma semana ou mais e não consegui encontrá-lo.”

Aisha temia o pior pois havia formado um forte vínculo com o filhote ao longo dos anos e se preocupava com a segurança dele dia e noite. “Eu estava chorando, pensando o pior, pensando que alguém o sequestrou ou machucou”, ela explicou. “Eu estava simplesmente arrasada, ele estava lá para mim durante tudo, sofrimentos, altos e baixos, e agora ele se foi. Foi tão difícil de aceitar.”

Dois anos depois, ela finalmente se sentiu pronta para receber um novo cachorro em sua vida. Examinando os caninos adotáveis ​​no site de adoção da Lehigh County Humane Society quando de repente, Aisha viu um rosto familiar.

“Acontece que eu estava no site de adoção da Lehigh County Humane Society, olhando as fotos, quando meu telefone congelou nesta única foto e eu apenas olhei”, disse ela. “Eu pensei: ‘Espere, não pode ser ele.'”

Foi quando ela viu uma pequena cicatriz sobre o olho dele. Ela estava lá quando ele ganhou aquela cicatriz e a única coisa que pesou foi “‘Oh meu Deus, esse é o meu bebê, esse é o Kovu!'”

Ela rapidamente ligou para a sociedade humana e compartilhou sua história. Disseram a ela que, em 2019, Kovu foi encontrado na rua, levado para o abrigo, rebatizado de ‘Ash’ e mantido no abrigo por quatro meses antes de ser adotado por outra família.

“No dia 12 de junho deste ano, a família retornou, declarando que enfrentava um possível despejo e precisava entregá-lo”, disse Deirdre Snyder, diretora de desenvolvimento do LCHS. “Nós o aceitamos e dispensamos a taxa de resgate pois Kovu estava com boa saúde.”

Desta vez, Kovu só teve que ficar no abrigo por seis dias antes que Aisha viesse resgatá-lo pela segunda vez. Ela disse que estava nervosa antes de se reunir com Kovu, com medo de que ele não a reconhecesse depois de dois anos separados.

“Eu sentei lá, esperando que eles o trouxessem para fora. Então, algo me fez olhar para cima e eu olhei para ele e o vi abanando o rabo. ”

Membros da equipe da sociedade humana disseram que não havia dúvidas em suas mentes de que Kovu reconheceu sua mãe. “Ao ver sua mãe há muito perdida, o antes tímido e assustado Kovu soltou o latido mais animado que já ouvimos!” escreveram eles no Facebook.

Agora que ele voltou para casa, Aisha conta que se sente completa novamente. “Todo aquele tempo em que ele se foi, senti que estava faltando um pedaço de mim. Nunca parei de pensar nele ou de me perguntar se ele estava sendo bem tratado onde quer que estivesse. Eu olhava as fotos de nós dois no Facebook e começava a chorar.”

Leia também: Jovem tem emocionante reencontro com seus cães após 6 meses longe deles

Aisha e seus filhos estão animados por ter seu bom menino de volta onde ele pertence! Realmente parece que era para ser, não é?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *