Yorkshire defende menina de ataque de coiote e é hospitalizado: ‘Não tem tamanho, mas tem coragem’

Todos nós já nos queixamos de como os cães pequenos podem ser irritantes, eles tendem a latir muito e o barulho é algo que nem todos nós toleramos. Mas muitos ficariam surpresos em pensar que a frase “cachorro que late não morte” nem sempre é verdadeira, porque embora não tenham tamanho, estão dispostos a defender o que mais amam. Yorkshire

Uma pequena e muito corajosa Yorkshire terrier de 6 anos de Scarborough, Toronto, Canadá, tornou-se uma celebridade por estar entre um coiote selvagem e um membro de sua família humana.

Leia também: Cachorrinho de 16 anos luta contra lobo para salvar sua dona e outros 3 cães mas falece em ato heroico

Dorothy Kwan, a tutora de uma cadelinha chamada Macy, conta que sua filha de 10 anos, Lily, estava passeando com a pequena quando um coiote começou a segui-las pela rua. Imagens da câmera de vigilância de um dos vizinhos mostram a menina gritando por socorro enquanto puxa a coleira de Macy.

Lily tentou puxar a corda para correr ao lado de Macy, mas ela não se mexeu, o que fez a garota soltar a guia. Em um ato de desespero, ela correu para a calçada e começou a gritar por socorro, mas ninguém ouvia. Ela ficou mais angustiada ainda quando viu o animal tentando atacar a cadela.

Enquanto Lily tocava as campainhas procurando alguém para ajudá-la, a pequena yorkie estava pulando para tentar acertar o coiote. Nas imagens, o coiote pode ser visto mordendo e sacudindo Macy. Felizmente, a cadela conseguiu escapar pois o coiote aparentemente se assustou com os gritos da garota e saiu correndo.

Apesar de seu heroísmo e de se libertar do enorme coiote, Macy sofreu graves ferimentos no corpo e na perna. Ela teve que passar por uma cirurgia de emergência para seus ferimentos no hospital de animais. Como conta veterinária é alta, a família precisou criar uma vaquinha online para salvar sua heroína.

“O Hospital Veterinário de Toronto acabou de me ligar para informar que Macy acordou esta manhã na UTI e estava bem. Ele comeu um pouco de frango e descansou confortavelmente”, relatou Dorothy.

Macy foi resgatada há cinco anos e, naquela época, tinha muito medo de pessoas e outros cães, mas com o tempo ela se tornou muito protetora com a família. Dorothy garante que seu cachorro significa tudo para sua família e implora por ajuda.

Leia também: Gata heroína percebe algo de errado e acorda família depois que sua dona tem um ataque cardíaco

“Ela é nossa pequena heroína. Minha cachorra faria qualquer coisa por nossa família, então não estou surpresa que ela fiz isso”, finaliza a mulher.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *