Elefanta que passou a maior parte de sua vida em cativeiro chora quando percebe que será liberta

Infelizmente, a principal razão pela qual alguns animais são maltratados é não terem voz para se impor. Mesmo assim, eles são criaturas vivas, então também merecem uma vida normal e mantê-los em cativeiro é um ato muito cruel e desumano.

Sook Jai é uma elefanta de 73 anos que viveu a maior parte de sua vida em cativeiro e sofreu abusos físicos e mentais. Entretanto, uma cena bastante comovente envolvendo sua liberdade viralizou nas redes recentemente.

Leia também: Elefante reconhece o veterinário que o salvou 12 anos atrás quando estava prestes a morrer

Sook Jai foi vendida a diferentes proprietários durante sua vida de cativeiro, o que a forçou a fazer trabalhos como trabalhar em viagens turísticas e até mesmo mendigar nas ruas. Logicamente, isso devastou sua saúde mental e física à medida que crescia, e acabou perdendo a visão e grande parte da audição.

É uma história de cortar o coração que felizmente tem um final feliz. Ela foi resgatada pelo Parque Natural do Elefante, um centro de resgate e reabilitação de elefantes no norte da Tailândia. A pobre criatura nunca pensou que seria receberia uma segunda chance de vida.

A equipe do refúgio para onde foi levada encontrou muitos ferimentos na cabeça e no corpo da velha elefanta, evidências de que foi abusada durante sua vida. O trauma era tanto que Sook se recusava a comer devido ao cansaço e exaustão.

Eles fizeram o possível para que ela se sentisse confortável durante a longa viagem, mantendo o caminhão aquecido quando Sook tremia de frio e a resfriando quando suava. Assim, ela parecia sentir a bondade e a sinceridade dessas pessoas.

Por isso, a equipe do zoológico notou suas lágrimas escorrendo pelo rosto. Essa cena linda, porém dolorosa, partiu o coração de todos. Eles capturaram o momento emocionante e compartilharam o vídeo na internet, que chamou a atenção de milhões de pessoas em todo o mundo e tocou as partes mais profundas de seus corações.

Leia também: Elefanta cega de 60 anos aproveita seus últimos dias em santuário após ser resgatada de maus tratos

Salvar animais nunca é uma tarefa fácil, mas todos os esforços dessa equipe valeram a pena. Essa pobre elefanta pode finalmente viver a vida que deveria ter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *