Mulher coreana gasta R$180 mil para levar seu golden retriever idoso com ela para outro país

Quando um familiar chega à velhice, significa que ele já deu carinho, simpatia e carinho ao longo da sua vida, e seus entes devem retribuir cuidando dele. Isso também acontece com os cães, que infelizmente vivem apenas uma fração do tempo de vida que seus tutores têm. coreana

A história de Maggie e seu cãozinho idoso chamado Karta nos mostra que algumas pessoas sempre colocarão o amor de seus entes queridos acima de qualquer coisa, até mesmo dinheiro.

Leia também: Garota de 11 anos usa todas as economias para ajudar no tratamento de cadela resgatada

Karta é um golden retriever de 15 anos e 9 meses de idade, número que excede a expectativa de vida de sua raça em mais de dois anos. Isso significa que ele necessita de cuidados e monitoramento constantes, as quais Maggie e o marido sempre fazem sem nenhum problema.

Entretanto, tudo se complicou quando Maggie conseguiu um novo emprego na Irlanda, o que a tiraria de Hong Kong, sua terra natal. A questão não era se mudar de continente ou não, mas o que fazer com Karta.

A princípio, ela e seu marido pensaram em considerar a possibilidade de deixá-lo com alguns de seus amigos, sendo este o mais conveniente para a saúde do cão. Porém, Maggie percebeu que ela não seria capaz de se distanciar dele e, em vez disso, decidiram que o levariam com eles.

Mas isso não seria fácil. Para começar, o delicado estado de saúde do cãozinho fez com que eles tivessem que levá-lo em um jatinho fretado, que custou mais de US$30.000.

“Vamos num vôo direto para o Reino Unido primeiro, depois embarcamos em outro avião privado para a Irlanda”, disse ela a BBC Brasil. “Ele vai ficar ao meu lado durante toda a viagem. Isso deve fazer com que ele fique menos tenso e eu, menos preocupada.”

Apesar do enorme custo, Maggie e o marido decidiram que iriam seguir em frente. O pobre golden já estava com eles há muito tempo e o mínimo que merecia era um pequeno luxo para passar seus últimos dias.

“As pessoas dizem: ‘É bobagem gastar tanto dinheiro, que desperdício, deixe ele aqui’. Mas isso vai permitir ter Karta lá comigo e manter minha família unida” finalizou ela. “Dinheiro a gente ganha de novo. Ele vale esse esforço.”

Confira a entrevista abaixo:

Leia também: Garota de 11 anos usa todas as economias para ajudar no tratamento de cadela resgatada

Assim como temos o companheiro canino, essa dona é exemplar e não abandonou o cachorro nos momentos de fraqueza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *