Depois de ser resgatado de maus tratos, vira-latinha é adotado por mulher amorosa na Malásia

Parte o coração de qualquer amante dos animais saber que grande parte dos cães não encontram um lar que dão o devido cuidado e amor de início. Para a nossa felicidade, algumas pessoas bondosas cruzam seus caminhos e fazem questão de mudar isso, assim como no caso do cãozinho Suriya. vira-latinha

Leia também: Cadela que foi encontrada com focinho amarrado com linha de pesca é salva do comércio de carne

Suriya nasceu em junho de 2019 em um canil de reprodução na Malásia. O pequeno teve um fio de esperança quando foi resgatado do local insalubre, mas que rapidamente foi abandonada depois de ser adotado por uma família que o maltratava.

Seus novos tutores não o castraram e aparentemente não o amavam pois o mantinham amarrado o dia todo na varanda. Entretanto, em abril de 2020, uma bondosa mulher chamada Poovarni soube de sua história e o resgatou.

“Ele é um cão bastante tímido”, diz Poovarni, que se tornou seu anjo de guarda. “Mas late ferozmente para estranhos quando os portões estão fechados.”

Como outros cães, Suriya tem medo de trovões e fogos de artifício. Ele não gosta de ser tocado por ninguém, exceto por sua tutora. Na verdade, ele acabou permitindo que o pai de Poorvani o acariciasse depois de seis meses e agora adora visitá-lo e faz birra na hora de voltar para casa.

Quando seus amigos vão em sua casa, Suriya não se importa, desde que eles não tentem tocar em Suriya. “Ele decide com quem quer ser amigo e pode acariciá-lo. Eu simplesmente o deixo ser ele mesmo”, diz Poovarni.

Demorou meses para eles aprenderem os ritmos e comportamentos uns dos outros, mas assim que percebeu que agora está seguro e amado, Suriya mostrou sua verdadeira personalidade encantadora.

“Ele é muito atrevido e inteligente”, diz Poovarni. “Um dia a etiqueta de identificação dele sumiu e eu estava perguntando sobre isso enquanto apontava para o colarinho dele. Mais tarde, ele parou em um local próximo ao jardim e se recusou a se mover. Fui verificar e encontrei a etiqueta aos pés dele.”

Sempre que a tutora faz suas atividades domésticas de dobrar toalhas e lençóis, o pequeno brinca com eles. “Essa é a deixa para brincar com o pano, tornando a tarefa impossível”, ela ri. “Ele se transforma em um monstro!”

“Agora que estou trabalhando em casa, ele vai esperar que eu saia da cadeira e vai buscar sua bola de brinquedo”, acrescenta Poovarni, feliz. “Cada vez que chego em casa, ele me cumprimenta com um brinquedo na boca. Saímos para caminhadas duas vezes por dia, de manhã e à noite.”

Suriya e Poovarni mudaram a vida um do outro para melhor. “Eu sempre hesitei em comprar um animal de estimação porque achava que não estava pronta, ele mudou tudo isso”, continua. “Agora não consigo imaginar a vida sem ele. Ele transformou minha casa em um lar.”

Leia também: Gatinha tímida com estrabismo que foi encontrada nas ruas desnutrida ganha lar amoroso

Poovarni finaliza dizendo que incentiva todo mundo que puder e tiver condições financeiras a adotar. “Esses animais têm uma maneira de roubar seu coração, além de sua cama e sofá, e mantê-lo com eles para sempre.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *