Mulher adota cãozinho amoroso que foi abandonado nas ruas: ‘Ele virou meu melhor amigo’

Um antigo ditado conta que há males que vem para o bem. Pode parecer estranho dizer isso, mas há casos muito particulares, como um cachorro caindo repentinamente do céu em sua vida sem ter esperado ou planejado isso. Foi isso que aconteceu com Lexie Elliott, uma mulher inglesa de 26 anos.

Leia também: Depois de ser roubada junto com carro, cadela finalmente se reencontra com seu amado tutor

Alguns anos atrás, Lexie estava estacionada embaixo de uma tapagem conversando com seu namorado no telefone quando viu uma cena que a chocou completamente.

Inesperadamente, ela notou uma van azul parar na frente dela em uma rodovia. De acordo com Lexie, os motoristas claramente a avistaram lá e, por isso, atiraram um adorável cachorro do veículo. O pobrezinho tinha cerca de dez semanas.

“Achei que fosse um coelho e, ao telefone com meu namorado na época, disse que ligaria de volta para ele, saí do carro e encontrei um cãozinho da raça Cockapoo”, contou ela ao portal de notícias Metro.

Lexie soube que precisava fazer alguma coisa a respeito e não tardou em chamar a polícia. Os oficiais apenas lhe deram o número de telefone do Dogs Trust, uma instituição de caridade especializada em cães.

A organização registrou os dados da ocorrência e marcou uma consulta com o veterinário para o dia seguinte, onde fizeram um check-up e procuraram um microchip, que não foi achado. O pequeno, então, foi nomeado como Wilf.

Em seguida, tiraram uma foto dele e a organização fez a divulgação para que o possível dono pudesse reivindicá-lo, no caso hipotético de que tivesse sido roubado. “Acho que quatro horas depois de abrigá-lo, ele já era meu. Eu tinha me apaixonado! Então, quando ninguém apareceu, eu fiquei com ele”, confessou Elliott.

O motivo de seu abandono e sua origem permanecem um mistério, mas a única certeza é que Wilf pousou na vida de Lexie para ficar e conquistar seu amor. Ela descarta a possibilidade do pequeno ter vindo de um canil de reprodução pois dez semanas é a idade em que os cachorros costumam ser vendidos.

Além disso, Wilf chegou na hora certa na vida de Lexie, já que em 2019 ela terminou com o namorado de 6 anos por afastamento do casal e interesses diferentes, então ela teve que começar do zero.

“Houve momentos em que realmente cheguei ao fundo do poço emocionalmente, mas Wilf me salvou e me manteve em movimento”, desabafou ela, acrescentando que ele é muito mais importante do que qualquer namorado que ela poderia ter.

Leia também: Casal de cães se une para enfrentar a dura realidade das ruas e são inseparáveis mesmo depois do resgate

Temos certeza que todos os amantes de animais gostariam que os abandonos tivessem um final feliz como este. Estamos muito animados que Wilf cruzou o caminho de Lexie e puderam salvar a vida um do outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *