Dicas de adestramento em casa para praticar com seu cãozinho em casa

Quando falamos em adestramento de cães, muitos donos acreditam que só os profissionais podem fazê-lo, mas não é bem por aí. Os donos também podem adestrar seus cãezinhos em casa e sozinhos.

Engana-se quem pensa que ter um cachorro bem treinado é coisa só de filme. De comandos básicos a técnicas mais detalhadas, isso é muito possível e está dentro das habilidades de todos os instrutores.

O próprio instrutor pode ensinar ao seu cão alguns comandos básicos como sentar, deitar ou usar as patas, pois são comandos fáceis.

Isso é devidamente possível. É o que cada vez mais os treinadores, educadores caninos e gestores de comportamento estão fazendo: ensinando mentores de cães, como treinar seus cães sozinhos“, disse Rapha Aleixo, comportamentalista canino e adestrador, do programa Radar Pet.

Leia também https://adoteumcachorro.com/index.php/2021/02/10/caozinho-que-foi-abandonado-em-um-balde-por-sua-familia-vira-cao-farejador-da-policia/

Rafa disse que o aprendizado acontece independente da raça ou tamanho do cão. É a idade do animal que faz a diferença, e a taxa de variação é a taxa de aprendizagem do animal.

Todo cachorro tem uma personalidade e tem seu tempo, se não aprender na hora, não ficará frustrado!

O adestramento é um momento de comunicação e conexão entre o dono e o animal, por isso deve ser divertido e sem repreensões. O treinamento positivo sempre visa reforçar o comportamento de maneira positiva por meio de estímulos agradáveis.

Antes de começar a ensinar alguns comandos, o ideal é dividir os petiscos em pedaços pequenos, o que evita que o cão mastigue muito, você ainda pode usar o seu horário normal de refeição.

Outro ponto importante é ficar atento ao tempo de treinamento diário: o treinador explicou que 30 minutos por dia são suficientes.

Ensinar seu cachorro a sentar e deitar

Segurando um petisco na sua mãe, deixe seu cãozinho cheirar para ele ficar interessado. Pegue o petisco e coloque em frente ao focinho do cachorro, se ele quiser pegar diga NÃO, apenas uma vez. Levante a mãe e, lentamente, leve até o alto de sua cabeça, isso o fará sentar. Quando ele fizer isso, o elogie e entregue o petisco.

Para deitar é praticamente a mesma coisa, mas você não precisa alinhar o petisco com o focinho dele e sim, ir levando ele até o chão até que o focinho dele esteja alinhado com sua mão. Após isso, puxe lentamente a sua mão para trás, para que ele entenda que precisa estar no chão e repita várias vezes.

Leia também https://adoteumcachorro.com/index.php/2020/12/30/idoso-de-74-anos-luta-com-crocodilo-para-salvar-seu-caozinho/

Ensinar o cachorro a dar a pata

Pegue um petisco e mostre para ele, após isso, diga “Dá a patinha” tocando na pata que deseja que ele te dê. Isso o fará entender rapidamente o que você deseja, toque uma vez, se ele não responder, toque de novo, sempre dando espaço entre os comandos para que não fique embolado na cabeça do animalzinho o que você quer dizer. Dê o petisco apenas quando ele responder ao seu comando da forma correta e repita com a outra patinha.

Sempre comemore as ações corretas do seu cãozinho. Os petiscos são uma maneira de recompensá-los por terem acertado, mas elogios e carinhos são essenciais para que ele se sinta bem fazendo o que você pede e irá corresponder mesmo que você não tenha um petisco em mãos.

O tom da sua voz precisa ser alterada, para que pareça animado e alegre. Com isso, o cão notará a diferença entre palavras “normais” e palavras com entusiasmo. Ele saberá que seu comportamento atende às expectativas do seu “professor”.

O essencial é respeitar o ritmo do seu cão, sem exigir melhorias imediatas. Lembre-se de que cada cão tem uma personalidade única e certos fatores, como raça e idade, podem afetar os resultados do treinamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *