Conheça Bunny, a cachorra falante do Tiktok

Com um ano de idade, Bunny se comunica com sua dona através de botões que possuem palavras fixadas nelas. Dessa forma, ela diz o que está pensando e consegue se comunicar muito bem! Devide, sua dona, fez uma série de vídeos para o Tiktok provando a esperteza de Bunny e causando emoção em quem assiste!

Por conta das respostas precisas de Bunny, os vídeos chamaram a atenção de estudiosos que começam a se perguntar sobre a senciência (capacidade de pensar) dos cachorros, ou se eles somente estão agindo de acordo com o que seus donos querem.

Como Bunny começou a se comunicar?

Tudo começou quando Devide assistiu alguns vídeos da patologista Christina Hunger. Nestes vídeos, ela estava ensinando a sua cachorra a se comunicar usando mecanismos de botões que possuem palavras gravadas. Nele, existem uma enorme variedade de símbolos, que são normalmente são usados para ajudar quem tem distúrbio de fala.

Inspirada, Devide começou a ensinar Bunny desde filhote. Agora, com mais de um ano de idade, Bunny consegue reconhecer mais de 70 botões para pedir alguma coisa, ou reclamar de outra coisa.

Em um dos vídeos publicados, Bunny parece pedir que seu dono fique quieto, pedindo que ele faça menos barulho. Já em outro, ela parece dizer “te amo, mamãe” para Devide.

Devide ainda contou que as palavras que Bunny mais utiliza são “praia” e “parque”, principalmente quando ela quer pedir para passear.

Sucesso no tiktok!

Com mais de 5 milhões de seguidores na rede social, a cachorra já chamou muita atenção dos estudiosos. Antes, eles acreditavam que não passava de um condicionamento em que Bunny respondia conforme a reação de Devide quando ela apertava alguns botões. Isso porque, ao apertar um determinado botão, ele gera uma reação diferente do dono, o que faz querer repetir aquilo toda vez que quer repetir a mesma coisa.

Agora, no entanto, eles questionam sobre a inteligência do animal. Com estes vídeos, a ideia é juntar o maior número possível de informações para conseguir entender como um cachorro pode se comunicar de forma tão precisa com um humano. Além disso, querem saber se essa comunicação só acontece por um condicionamento, ou se já vem deles.

Por isso, já iniciaram a pesquisa com um número limitado de voluntários, acompanhando todo o progresso de aprendizado dos cachorros e o tempo que levam para interagir com a pessoa envolvida na pesquisa.

O mais interessante é que, deste estudo, também estão sendo analisados gatos e cavalos, totalizando em mais de 700 animais.

Logo depois que eles aprenderem sobre como se comunicarem, irão testar se eles são capazes de fazer isso com quem não conhecem, para ver se é somente um condicionamento ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *