Cadelinha que luta pela vida, tenta seu último recurso para que a vejam na rua!!

Quando pensamos nos nossos amigos peludos, nos admiramos com a inteligência deles, que, assim como a nobreza de suas almas, é realmente extraordinária.

A história que vamos contar agora é sobre uma pequena cadelinha, ainda filhote, que vivia nas ruas, mas que não perdeu a esperança.

Parece que aquela adorável peludinha sabia que aquelas pessoas poderiam ajudá-la e tirá-la das ruas para lhe oferecer um verdadeiro lar.

Ela precisava atrair a atenção de um grupo de voluntários, que normalmente, são responsáveis ​​pelo resgate de elefantes.

Aquela pequena cadelinha tentava sobreviver em meio a cidade mais fria do Sri Lanka, mas, claramente, ela sonhava em ter uma família.

A pobrezinha abanava o rabo, na tentativa de chamar atenção, toda vez que uma pessoa passava, e, para sua felicidade, a sua persistência teve sucesso.

Lek Chailert, juntamente com alguns companheiros da equipe de resgate do Elephant Natural Park, estava passando pelo local e notou sua presença.

O Elephant Nature Park é um projeto único na província de Chiang Mai, no norte da Tailândia. Estabelecido na década de 1990, nosso objetivo sempre foi fornecer um santuário e um centro de resgate para elefantes. O parque está localizado a cerca de 60 km da cidade e já serviu de santuário para dezenas de elefantes angustiados de toda a Tailândia.

“Vimos a cachorrinha em um mercado onde milhares de pessoas passam, ela estava abanando o rabo para os as pessoas que passavam, tentando chamar a atenção para que as vissem”, disse Lek.

Mas, infelizmente, as pessoas andavam com pressa e, simplesmente o ignoravam.

“Nossa equipe também estava com pressa de sair, mas paramos para acariciá-la por um tempo”.

No entanto, ela se recusava a deixá-los ir, e começou a segui-los por toda parte. Depois de percorrer um longo caminho, eles a carregaram e a retornaram para o local onde a tinham visto pela primeira vez.

“Mas ela não desistiu, e começou a nos seguir repetidamente, até que sua insistência acabou conquistando nossos corações”.

Embora estivessem longe de casa, Lek e seus amigos resolveram tentar ajudá-la.

“Começamos a pedir para as pessoas que passavam para adotá-la e assumir a responsabilidade por seus cuidados, mas quando viam que era do sexo feminino, perdiam o interesse”.

Após várias tentativas em vão, as opções estavam acabando, então eles perguntaram ao motorista que estava com eles e, felizmente ouviram uma resposta positiva.

Os homens, contentes, deram um belo banho na pequenina e compraram um cobertor novo para ela.

E, no tempo em que ela ficou no hotel com os socorristas, ela ganhou uma cama improvisada com as bagagens deles.

“Acho que foi a primeira noite em que ela conseguiu dormir numa cama quentinha e em paz. Nós a batizamos com o nome de Lek”.

Esse resgate  aconteceu há três anos, mas ficamos felizes em saber que, atualmente, essa pequenina está bem e vive feliz com aquele motorista e sua família.

E, embora já tenha passado tanto tempo, ela ainda reconhece o socorrista que tem o mesmo nome dela.

Veja, no vídeo abaixo, o momento emocionante do resgate:

O lema deste grupo de voluntários, que são verdadeiros anjos, é:

“Sempre podemos mudar a vida que temos sob nossos cuidados”.

Compartilhe essa linda história com seus amigos e familiares.

Fonte: mensagensdiadia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *