Policiais fazem casinha para abrigar gatinha de rua que sempre os visitava no frio

Policiais constroem casinha para gata de rua.

Um grupo de agentes da SWAT de Boston nos EUA decidiu construir uma casinha feita sob medida para uma gatinha que por anos fez visitas, e isso criou um vínculo muito forte com cada um deles.

Tudo começou quando ‘SWAT Cat’ ia visitá-los de vez em quando no quartel general. Aos poucos, a bichana foi ganhando o coração dos oficiais chegando perto deles para ganhar carícias.

 

Não demorou muito para ela cair de vez nas graças da equipe, pois ela sempre os recebia com muito amor e carinho, passava tempo com eles durante os horários de descanso.

O tempo foi passando e a equipe continuou cuidando da felina com muito carinho e amor, mesmo que não pudessem adotá-la de fato, já que a gatinha sempre preferiu a área externa do quartel.

 

Veja também:Cachorro é resgatado após ser abandonado e ter ficado dias sem comer

Entretanto, teve uma ocasião, onde a felina desapareceu por mais de três semanas e a equipe pediu ajuda por meio das redes sociais, para encontrarem a gatinha, compartilhando imagens dela e pedindo informações do paradeiro da fujona.

Para a alegria da equipe, logo após os apelos, a gatinha voltou ao quartel por conta própria e os policiais ficaram aliviados e alegres com a volta da felina, construíram uma casinha para SWAT Cat, para que ele se sentisse em casa e protegida de tudo.

 

Na legenda do post, os policiais brincaram: “A nova casa da SWAT Cat oferece um interior espaçoso em estilo estúdio, um grande deck para refeições ao ar livre e portas de vidro de correr, com vista panorâmica da cidade”.

 

Veja também: Gatinho desfila pelas ruas do Japão com seu guarda-chuva feito sob medida

Agora ela pode ser livre pra passear por ai, que ela sempre terá o seu cantinho aconchegante para descansar. E a equipe que a ama, continuará a cuidar dela, num local seguro e cheio de carinho e amor.

 

 

One thought on “Policiais fazem casinha para abrigar gatinha de rua que sempre os visitava no frio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *