Veterano de guerra vende sucata para ajudar gatos de rua nos últimos 22 anos

Faça chuva ou faça sol, Willie Ortiz, com quase 80 anos, tem como missão alimentar e cuidar de gatos abandonados no Estados Unidos por mais de 25 anos. Mas, durante todo esse tempo, ele levou uma vida dupla: durante o dia, ele coleta sucata para financiar sua missão noturna contínua de ajudar felinos sem-teto necessitados.

Leia também: Menina de 8 anos viaja mais de 2km na neve para ajudar seu cachorro

Ele dirige sua caminhonete de cidade em cidade em busca de qualquer item de ferro-velho que possa ser vendido para pagar a comida de gato e as contas do veterinário para mais de 70 gatos sem dono nem lar.

O veterano de 80 anos do Exército dos EUA garante que nenhum gato passe fome e visita os gatos da comunidade diariamente para alimentá-los e checá-los.

Tudo começou décadas atrás, quando ele percebeu o número esmagador de gatos sem-teto em sua comunidade e decidiu fazer algo a respeito. Desde aquele primeiro dia, seu amor e devoção aos felinos de rua não diminuíram.

Além de garantir que tenham alimento para o dia, Willie espera reduzir a quantidade de gatos sem dono com vacinas e castrações. Além disso, faz “cubículos” para aquecer os gatos durante o inverno e leva gatas que serão mães futuramente para sua amiga Roberta, que cuida delas até que encontrem um lar amoroso.

Mesmo que ele procure todos os dias por restos de metal, ele ainda tem dificuldades. Por isso, encontrou uma pessoa que ame e ajude os felinos tanto quanto ele, Kathleen Schlentz.

Recentemente, Ortiz teve que contar com Kathleen e outros voluntários para alimentar e cuidar de seus amados gatos enquanto ele se recuperava de um pé quebrado. Estar longe de seus pequenos por apenas um dia foi uma tortura para Willie.

“Eu sei agora por que Willie chama isso de ‘sua missão’. Isso não é apenas um hobby ou algo que ele faz para preencher seu tempo, é algo que faz parte de quem ele é”, relatou Kath em seu Facebook.

“Eu perguntei a ele se ele tem medo de sair todas as noites, ele disse ‘Não, eu sinto falta deles quando não os vejo e eles sentem minha falta’. Ele faz a vida parecer tão simples. Eu amo isso em Willie”, continuou ela.

Leia também: Garota de 11 anos usa todas as economias para ajudar no tratamento de cadela resgatada

Ortiz não só inspirou seus amigos e comunidade com seu coração generoso, mas também pessoas de todo o país que doaram para sua causa, graças a vaquinha online feita por Kathleen. O mundo se torna a cada dia um lugar melhor graças a pessoas como Ortiz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *