Gato criado em caixa de transporte durante 2 anos é resgatado e fica com aparência irreconhecível

É muito gratificante ver a história de animais que infelizmente sofriam maus-tratos mas foram resgatados e tiveram uma transformação encantadora. Esse é o caso do gato Samuel, quando ele foi encontrado seus salvadores acreditaram que era tarde demais.

Preso em uma pequena caixa de transporte para gatos durante a maior parte de sua vida, Samuel era pele e osso quando foi trazido para o BARC, um abrigo municipal no Texas, EUA.

Leia também: Gatinha que sobreviveu a tufão nas Filipinas é resgatada por família amorosa e fica irreconhecível

Seus olhos estavam inchados e quase não abriam por conta da sarna e ele estava sofrendo de uma longa lista de problemas médicos. Com um prognóstico tão ruim, Samuel iria ser sacrificado assim que o período de detenção obrigatório do abrigo terminasse.

Isolado de humanos e de outros animais por dois anos, o gato de personalidade afetuosa chegou muito perto de nunca ter experimentado o amor. Mas, poucas horas antes de sua morte marcada, um funcionário do abrigo resolveu contar sua história online.

Para a sorte de Samuel, a veterinária Leslie Raines estava doente em casa naquele dia e se deparou com sua foto e se apaixonou perdidamente por ele. “Então eu postei para alguns dos grupos de resgate dizendo que se eu pudesse obter apoio, eu o adotaria”, disse ela ao portal The Dodo.

Sem tempo a perder, os voluntários do Save A Purrfect Cat Rescue buscaram Samuel, e uma das clientes de Leslie na clínica se ofereceu para ser a carona do gato doente. “Ela honestamente pensou que ele ia morrer quando estava no carro”, disse Leslie, “ele estava em um péssimo estado”.

Quando Samuel chegou ao consultório veterinário, o tratamento médico começou imediatamente. Os veterinários puderam ver que ele estava desnutrido e coberto de sarna, e tinha feridas de pressão por ficar confinado em um pequeno espaço por um longo tempo.

Apesar de sua aparência considerada feia e pele escamosa, Leslie permaneceu otimista, e sua amiga sabia que Samuel havia encontrado a pessoa certa para ajudar, dizendo: “Eu prometo a você que há um lindo gato por trás de tudo isso, e nós vamos encontrá-lo”. Essa frase que se tornaria o mantra da veterinária.

À medida que Samuel engordava e voltava a enxergar aos poucos, seu medo de ter liberdade em um ambiente familiar confortável começou a mudar. Ele deixou de se esconder atrás do sofá por dias, para empoleirar-se em sua gaiola para gatos.

“Era como se ele tivesse que aprender a ser um gato”, disse ela. “Ele não sabia brincar. Se você o colocasse em um móvel, ele descia, e andar no chão era como carvão em brasa. ”

Conforme o pelo preto e branco de Samuel crescia, ele ainda tinha medos a superar. “Sua sombra o surpreendia cada vez que a via, e seu reflexo nas janelas de vidro o assustava. Ele era muito, muito desconfiado”, contou Raines.

Quando finalmente chegou a hora de conhecer possíveis donos, quase um ano depois, Samuel voltou a ser o gatinho assustado que uma vez tinha sido perto de gente nova. Sua amorosa mãe temporária examinava cada novo formulário de adoção, mas nenhum deles que era o perfeito.

Até que um homem chamado Bryan Smith encontrou a foto de Samuel nas redes sociais. O gatinho lembrou ele do Maine Coon que Bryan havia perdido para o câncer no ano anterior, e quando os dois finalmente se conheceram, tudo mudou.

“No dia em que conheci Bryan, trouxemos Samuel para a clínica, e Bryan apenas se sentou no chão ao lado do canil e começou a conversar com ele. O olhar no rosto de Samuel era completamente diferente”, disse a veterinária. “Bryan tinha um comportamento muito calmo e estava bem em se mover devagar.”

Mas ela não estava totalmente convencido, até que, em um ato surpreendente, Sam expressou para ela que ele estava pronto para seguir em frente. “Ele veio e miou para mim, e então ele foi até Bryan. Era como se ele estivesse me dizendo: ‘É isso'”, acrescentou Raines.

Leia também: Após ser recusado por abrigos, gatinho com dois narizes vai para santuário de gatos especiais

Agora, felizes em casa com seu novo pai, os dois estão se ajudando e evoluindo juntos. Samuel venceu o medo dos móveis, pulando na cama e nas cadeiras da sala de jantar.

Ele sabe que está num ambiente confortável e é muito amado por seu novo dono.

One thought on “Gato criado em caixa de transporte durante 2 anos é resgatado e fica com aparência irreconhecível

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *