Homem reencontra seu gatinho amado que se perdeu há 14 anos durante furacão

Muita coisa pode mudar em 14 anos, mas algumas coisas nunca mudam, como o amor compartilhado entre dois velhos amigos. Em 2004, Perry Martin morava na costa da Flórida quando o estado foi atingido pelo furacão Jeanne, a tempestade mais mortal daquele ano.

Os seis furacões mais mortíferos nas Américas nas últimas décadas - Jornal O Globo

Leia também: Cachorro encontrado agarrado à parede durante furacão é resgatado e adotado pela Marinha

Em meio ao caos e confusão, Perry perdeu alguém muito querido para ele: seu querido gatinho, chamado Thomas Jr., ou apenas T-2 para os íntimos. O gato de 4 anos fugiu de casa e não estava em lugar nenhum.

“Fiquei arrasado”, desabafou Perry ao portal The Dodo. “Procurei por ele em todos os lugares. Até mesmo meus vizinhos procuravam ele. Passei todo o meu tempo livre apenas procurando.”

À medida que o tempo passava e não encontrava nenhuma pista do paradeiro de T-2, Martin finalmente aceitou a ideia de que seu gato realmente se fora para sempre. Ele só não sabia ainda que estava errado.

Mais de uma década se passou desde então, mas Perry nunca se esqueceu de seu amado gatinho, ele até mesmo nunca substituiu por outro felino. Ele sabia que mesmo se o T-2 tivesse sobrevivido às consequências da tempestade, ele estaria com 18 anos, o que geralmente é tempo demais para um gatinho. Para Martin, parecia improvável ele estar vivo.

Foi então, na semana passada, que Perry recebeu uma ligação que nunca esperava. Era da antiga veterinário de seu gato dizendo que um gato de rua foi resgatado das ruas e tinha um microchip.

“Eles disseram: ‘Perry, o que você diria se eu contasse que alguém encontrou o T-2?’ Eu disse: ‘Bem, provavelmente diria que você é louco'”, contou o dono do gatinho. Martin, suspeitando que tivesse havido algum engano, dirigiu até o abrigo onde o suposto T-2 estaria, apenas para garantir.

“Eu não acreditei. Depois de 14 anos?” Martin disse. “Mas era ele. Assim que vi seu rosto, soube que era ele.”

Perry Martin reunited Thomas Jr tabby cat - Celebrity Pet Worth

T-2 parecia reconhecer Perry também, ele sabia que era seu velho amigo de quem ele se separou 14 anos antes. E agora, para a alegria de todos, eles estavam finalmente reunidos.

Tem apenas uma semana desde que Perry e T-2 voltaram a viver um ao outro, mas as coisas não poderiam ser melhores. Os dois velhos amigos têm muito que pôr em dia e não estão perdendo tempo para começar. “T-2 não saiu do meu lado. Ele está sentado no meu colo e me seguindo por toda parte”, disse Martin.

Leia também: Gatinha que sobreviveu a tufão nas Filipinas é resgatada por família amorosa e fica irreconhecível

“Acredite ou não, ele está realmente ronronando. Faz 14 anos que não ouço um gato ronronar. Tenho a sensação de que ele sabe que está em casa.”

Apesar de já ter 18 anos e aparentemente ter passado boa parte desses 14 anos morando nas ruas, o T-2 tem uma saúde boa. Ele está um pouco magro e vacilante, mas Martin está otimista que o T-2 vai se recuperar agora que ele está de volta em segurança onde pertence.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *