Pit bull abandonada com doença de pele é resgatada por delegado e recebe tratamento

Os humanos podem ser muito insensíveis com os animais, até mesmo com seus próprios animais de estimação e não é díficil encontrar histórias de abusos, abandono e crueldade na internet. Além disso, não é por acaso que os abrigos de animais estão sempre trabalhando no seu melhor para poder ajudar o maior número possível de cães e gatos. pit bull

Felizmente, também existem pessoas compassivas e responsáveis ​​que decidem salvar a vida dos cães que sofrem nas ruas. Essa é a história de uma pit bull resgatada em Curitiba, capital do Paraná.

pit bull

Leia também: Casal em luto por perder seu amado cão visita abrigo e decide adotar dupla inseparável de pit bulls

O resgate foi realizado após o investigador Cássio Silva e o delegado Matheus Laiola receberem o chamado para resgatar uma cadela que se encontrava em condições muito precárias no bairro Parolin.

De acordo com Cássio, a cadela estava morrendo de frio. No vídeo do resgate você pode ver como ela treme incontrolavelmente, por causa do frio e talvez por ter medo por não conhecer e não confiar em seus salvadores.

Pouco se sabe sobre quem abandonou a cadela, a quanto tempo ela estava naquelas condições e porquê os moradores da região não se despuseram a ajudá-la. Mas essas questões foram levadas para segundo plano, afinal, a pit bull agora está segura.

A cadela, que foi batizada como Nina, aparenta estar fraca e desnutrida, além de ter o pelo está em péssimas condições, com feridas abertas ao longo do corpo. De acordo com o post compartilhado no Facebook, Nina sofre de sarna em estágio avançado, daí o estado atual da pele e do pelo.

Felizmente, Cássio e Matheus, junto com a ativista Mari Hedler, já garantiram que ela receba tratamento médico adequado. Aqui você pode vê-la feliz pela visita ao veterinário:

resgate

Leia também: Após ser encontrada acorrentada na neve, pit bull é adotada e treinada por policial

O investigador conta que a cadela é muito doce e afetuosa e garantirá que passe pelo tratamento corretamente para curar sua doença de pele. Na publicação em que anuncia o resgate, ele alertou que Nina precisará de muitos cuidados e que será necessária a ajuda do público.

Mais tarde, após a visita do veterinário, o Cássio deu a entender que pode adotá-la, garantindo-lhe uma segunda chance de vida em um lar onde receberá todo o amor que merece. No entanto, ele destaca ainda que ainda há muitos cachorros nas ruas que precisam de ajuda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *