Vendedor ambulante no México divide sua marmita com cães de rua

Diariamente lidamos com notícias de como a economia está ruim ou um novo escândalo de política, então é verdadeiramente transformador quando vemos atitude altruísta. Nossos atos relevam o que está em nosso coração e não seria surpreendente se descobríssemos que o coração desse trabalhador está cheio de bondade. vendedor

Esse vendedor ambulante de Puebla, México tem feito diversos internautas repensarem suas atitudes e acreditarem em um mundo melhor ao redor do mundo.

Ao perceber os cães, o homem parou para alimentá-los.

Leia também: Morador de rua implora a abrigo que consiga um lar para seu cãozinho e eles acham família amorosa para o adotar

No final de junho, jornal mexicano Expreso compartilhou um vídeo no Facebook registrado pelas câmeras de segurança da rua que é genuinamente emocionante. “Ele foi pego fazendo algo único ao pensar que ninguém o estava vendo”, dizia a legenda da publicação.

Até onde se sabe, o homem desconhecido estava fazendo seu caminho rotineiro de volta para casa após uma longa jornada de trabalho. Analisando brevemente as imagens, podemos notá-lo caminhando com uma mochila térmica, acompanhado de dois cãezinhos mais ao fundo.

O homem não foi identificado.

Assim que se deu conta que não estava sozinho, o vendedor parou e dividiu com os peludinhos o pouco que tinha, nesse caso sua marmita. Alguns segundos depois, podemos ver um terceiro cachorrinho e continuando seu ato bondoso, ele também não negou ajuda e ofereceu-lhe comida.

Como dissemos, o vídeo comoveu milhares de internautas e teve um grande impacto, contando com mais de 4,6 milhões de visualizações e 164 mil curtidas. Além disso, também é possível ver milhares de comentários com doses altas de carinho e gratidão pelo vendedor que não hesitou em partilhar com os necessitados.

Veja abaixo:

Leia também: Artista de rua carente abraça sua cadelinha após fazer performance e não receber qualquer ajuda

“Quando você tem muito amor… e qualidades humanas, não importa quem demonstra”, elogiou um. “Homem de bom coração, por isso os cachorros o seguem”, comentou outro.

Mesmo que homem não tenha sido identificado, acreditamos que essa bela atitude de alguma forma será retribuída, pois como conta o ditado, você colhe aquilo que planta. Esperamos que esse exemplo se multiplique mais e mais pelo mundo e sejam cenas comuns do dia a dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *