Casal larga emprego e compra um barco para viajar o mundo com companheiro felino

O mercado de trabalho é completamente disputado e vence quem tiver o maior currículo, certo? Em meio à competição diária por riqueza, esse casal saiu de seu emprego para viajar e passar mais tempo de qualidade com seu gato. Eles deixaram tudo para trás em busca da felicidade genuína.

Leia também: Artista de rua ganha a vida performando com vira-latinha que participa do ato em Fortaleza

Hoje contaremos a história de Matt e sua esposa Jessica Johnson, que, tendo percebido como a vida é curta, decidiram fazer algo a respeito. Ambos renunciaram irrevogavelmente aos empregos para viver o sonho de fazer um mochilão pelo mundo.

Antes de iniciar sua jornada pelos mares do mundo, Matt e Jessica levavam uma vida normal na cidade de Grand Rapids, no estado norte-americano do Michigan. No entanto, eles começaram a se sentir desconfortáveis, sentindo que faltava algo para serem realmente feliz.

Tanto ele quanto ela eram profissionais de sucesso em seu campo. Matt trabalhava como gerente de vendas automotivas e Jessica, por sua vez, trabalhava como especialista em faturamento em uma seguradora local. Ambos ansiavam por alcançar o chamado ‘sonho americano’.

“Por muito tempo passamos todos os nossos fins de semana em frente à televisão, sem fazer nada mais produtivo ou agradável. Percebemos que isso precisava mudar”, escreveu Matt no blog que o casal mantém contando sobre suas aventuras marítimas, o MJ Sailing.

Eles queriam fugir do cotidiano chato e não fazer mais parte daquele grupo de pessoas procrastinadoras que adiam seus objetivos. No futuro, eles se viam apenas como aposentados e entediados, espremidos no sofá da sala de sua casa.

Assim, começou a crescer neles o ambicioso projeto de navegar os sete mares e, em um belo dia de 2008, Matt e Jessica colocaram cada um de seus pertences à venda, sonhando com a filosofia de que o céu era seu limite. Com o dinheiro arrecadado, puderam comprar o barco que sempre desejaram.

Depois de aprender o básico sobre o mar, o casal estava pronto para embarcar em sua jornada de aventuras. A ideia de explorar o mundo finalmente se concretizou em 12 de agosto de 2011, quando levantaram âncora e iniciaram sua grande peregrinação oceânica.

Desde aquele primeiro dia até hoje, Matt e Jessica pisaram no território de mais de 16 países. No entanto, ainda parecia que estava faltando algo e rapidamente descobriram. Faltava outra pessoa em sua tripulação: um companheiro peludo amigável.

Matt e Jess adotaram Georgie, uma gata que vivia em um abrigo para animais resgatados das ruas, e se juntou a eles permanentemente. Imediatamente, o doce gatinho se transformou em um viajante e, desde sua adoção, já conheceu mais de 13 países.

Georgie ama tanto viajar que, contradizendo o estereótipo de seus amigos felinos, aprendeu a nadar. De vez em quando, especialmente nos dias quentes, ele exagera e dá um bom mergulho para se refrescar.

“Ele está muito bem com a navegação e está mais estável do que nós. Georgie adora ver os peixes na lateral do barco quando estamos ancorados”, acrescentou Jessica.

Dia após dia, o vínculo de amizade e carinho entre os três cresce exponencialmente, à medida que viviam divertidos momentos de felicidade. Se tornando tudo o que o casal almejava desde o início, quando abandonou seus empregos.

Leia também: Casal visita abrigo e decide adotar todos os 265 cães pelas suas péssimas condições de vida

O mais importante é que o casal realmente gosta de viajar na companhia de Georgie, seu melhor amigo felino e companheiro de todas as horas. Aparentemente, eles encontraram o que desejavam. E você, teria coragem de deixar tudo para ser feliz?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *