Dupla de pit bulls que perdeu o dono em acidente não se afasta mesmo após o resgate

Sempre falamos sobre a fidelidade dos cachorros aos seus donos, mas esses animais também são capazes de criar laços indestrutíveis entre eles, como os desses pit bulls que após a morte de seu humano não param de se abraçar e se consolar.

Hoje contaremos a história de dois cachorrinhos que, após uma viagem em família, acabaram voltando para casa com a dor de terem perdido seu humano. O que os manteve firmes e fortes durante o processo de luto foi o amor que mantêm entre si.

Leia também: Buldogue abandonada após o falecimento da tutora é resgatada e adotada por ativista dos animais

Tonka e Little P. estavam fazendo uma caminhada no Colorado, Estados Unidos, com seu pai humano Kris Busching e seu amigo Mark. Tudo estava indo bem, até que o grupo percebeu que estava perdido por se afastar da rota que haviam traçado por horas, sem perceber os problemas em que se meteram.

Nesse momento, os quatro companheiros estavam perdidos há dois dias e, exausto pela falta de água e comida, o dono dos cachorros decidiu descer com eles a um desfiladeiro com a intenção de buscar algo para beber. Infelizmente, Kris acabou falecendo no momento.

Ao pisar em falso, o homem perdeu o equilíbrio e caiu com seus animais de estimação no fundo do cânion. Os animais se machucaram com a queda, enquanto seu dono morreu com o impacto. Durante a angustiante cena, Mark observou os cães reclamarem de dores físicas e emocionais.

De alguma forma, Mark conseguiu ajuda, que chegou um dia depois e recolheram o corpo sem vida de Kris. Os filhotes também foram resgatados mas o aventureiro voltou sozinho para casa, lidando com seus ferimentos e a dor de ter perdido seu amigo.

Dada a escala da tragédia, a ONG nova-iorquina Mr Bones & Co. resolveu acolher os cães. Assim, a dupla de pit bulls foi deixada aos cuidados de pessoas amorosas que trataram de seus ferimentos e zelaram por eles para que a família pudesse se despedir de Kris em paz.

Os cães amorosos não se separaram durante nenhum um instante. Parece que, no segundo que perceberam que seu papai havia partido, sabiam que não tinham mais ninguém no mundo. Por isso, os voluntários não conseguiram conter as lágrimas, decidindo registrar a emocionante cena.

“O nível de lealdade e amor que esses dois irradiavam, quando o irmão mais velho Tonka foi internado em nosso hospital de emergência para animais, para que sua pata pudesse ser salva, não precisa de mais legendas”, escreveram. “Seu vínculo com Little P é para sempre.”

Embora os cães estivessem gravemente feridos, estar juntos era o mais importante no momento. Tonka acabou com uma fratura no pulso direito que exigiu uma tala, além da cirurgia de emergência que precisou fazer para tratar de uma pata quebrada.

Enquanto isso, Little P realizou radiografias de sua mandíbula, devido a uma lesão também causada pelo impacto. A organização decidiu fazer uma arrecadação de fundos para cuidar os filhotes sem preocupar a família com despesas médicas.

Esses cachorrinhos só têm um ao outro e é possível notar o sentimento de abandono por desejarem estar juntos o tempo inteiro. Como verdadeiros irmãos, os pit bulls se recusam a se separar e, por isso, a organização pensa muito bem no que será o melhor para o futuro dos dois.

Leia também: Policiais resgatam dupla de pit bulls feridos que foram abandonados na beira da estrada

Tonka e Little P são sem dúvida um grande exemplo de irmandade que vai além da compreensão humana. Por enquanto, apenas sabemos que procuram uma família amorosa que queira receber os dois juntos, pois não há como separar os cães depois de tudo que sofreram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *