Após ficar cego e ser abandonado, cachorrinho idoso ganha nova família amorosa

Sabemos que até hoje muitas indústrias utilizam animais em experimentos, desde a produção de simples cosméticos até diversas medicações… Felizmente, muitas empresas deixaram de lado essa prática após fortes pressões de ativistas que lutam contra a exploração dos bichinhos. Entretanto, ainda ocorrem casos de testes e, quando sobrevive, o cachorrinho pode acabar saindo com sequelas.

Foi o caso de Magoo: cãozinho da raça Beagle que foi encontrado sujo de lama e perdido pelas ruas de Ibiúna, cidade no estado de São Paulo. Ele andava muito desnorteado e a ONG que o resgatou detectou que o cachorrinho estava com deficiência visual. Em seguida, foi constatado que o mesmo era usado em testes industriais.

Leia também: Casal de lontras recebe nome em homenagem à banda Legião Urbana

Ou seja… Não bastando a crueldade dos experimentos, depois que ele ficou cego e passou a não “servir” mais, o abandonaram.

Até que, um dia, uma mulher chamada Marisa Craveiros decidiu adotá-lo, apesar de se tratar de um cachorrinho idoso, e ali ela proporcionou uma vida digna para Magoo, que ganhou uma nova família e o lar que merecia.

Leia também: Gorila que ficou conhecida após selfie falece aos 14 anos nos braços do cuidador

Achou esse post interessante? Não se esqueça de compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *