Ex-fuzileiro britânico resgata quase 170 animais desabrigados no Afeganistão

A situação do Afeganistão se agravou nos últimos meses, após o Talibã (extrema ditadura religiosa com base na Sharia) entrar em Cabul. Isso deixou a população com medo e foi gerando uma confusão generalizada.

Um ex-militar britânico possui uma ONG que ajuda e resgata animais na cidade, e assim que começou toda a loucura o homem passou a tentar retirar todos os animais e sua equipe de trabalho do país.

Paul “Pen” Farthing fundou a ONG Nowzad Dogs após resgatar um cãozinho no ano em que serviu no Afeganistão. O nome da cidade que estava é Nawzad, o cachorro foi apelidado de Nowzad e assim nasceu sua instituição. Eles ajudam todos os animais que necessitam de cuidados, mas abrigam principalmente cães e gatos.

Leia também: Gorila que ficou conhecida após selfie falece aos 14 anos nos braços do cuidador

Alguns segmentos que defendem a Sharia entendem que os cães são nocivos em convivência com o ser humano, por isso muitos acabam judiando desses animaizinhos.

Em primeiro momento negaram a entrada de Farthing no aeroporto de Cabul, mas depois ele conseguiu concluir parcialmente sua missão… ele retirou quase 170 animais da ONG, os levando para Londres, porém sua equipe não conseguiu embarcar com ele.

Teoricamente faltava uma documentação para que pudessem deixar Cabul e acabaram ficando pra trás, mesmo assim disse que irão se esforçar para que eles também consigam sair do país.

Leia também: Casal de lontras recebe nome em homenagem à banda Legião Urbana

Achou esse post interessante? Não se esqueça de compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *