Filhote de cervo é resgatado e recebe cuidados de pastor alemão

Os cães da raça pastor alemão geralmente auxiliam equipes de segurança com caça e buscas, além de também serem ótimos na condução de deficientes, em terapias e vários outros segmentos. Mas no caso de um cachorrinho chamado Sarge, ele ajuda a cuidar de animais silvestres que foram abandonados que não teriam sobrevivido sem ajuda.

Em Ohio, nos Estados Unidos, existe um criadouro animal chamado Bucky’s Porch, em que eles cuidam dos animais sem a intenção de reprodução para se tornarem alimento.

Sarge é um pastor alemão que vive no criadouro desde filhote, ele tinha o hábito de implicar com todos os visitantes da casa, mas depois que ele ganhou um novo companheiro essa situação mudou e ele se tornou um cão menos rabugento!

Leia também: Cadelinha ajuda a cuidar de cordeiro doentinho em fazenda na Inglaterra

Um dia um motorista encontrou um filhote de cervo no meio de uma estrada próxima ao abrigo. O motorista esperou pela mãe dele, mas ela não apareceu… provavelmente foi atropelada enquanto andava pelas ruas. Ele foi levado para o santuário e o chamaram de Buckyheat. Depois disso permitiram que ele tivesse contato com Sarge, que desde o primeiro momento se mostrou muito carinhoso e atencioso ao pequeno cervo!

A partir disso o pastor alemão virou outro cãozinho, praticamente se especializando nos cuidados de filhotes órfãos de animais silvestres, se destacando dos outros cachorros que vivem no mesmo local e não tem esse tipo de atitude.

 

Leia também: Após ficar cego e ser abandonado, cachorrinho idoso ganha nova família amorosa

O mais interessante é que com outros cães Sarge é muito ciumento, escondendo seus brinquedos e ossos para que os outros não peguem, mas com os cervos ele não tem o mesmo comportamento, partilhando tudo com eles. Desde então o abrigo passou a receber cada vez mais animais dessa espécie, e o pastor alemão sempre os recebe abertamente!

Leia também: Gatinha que viveu em Basílica no Istambul falece após se tornar atração do lugar

Gostou desse post? Não se esqueça de compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *