Jovem de 16 anos cria fundação que ajuda a construir andadores para animais deficientes

Shaine Kilyun, uma estudante de 16 anos, é apaixonada por animais de estimação com deficiência desde criança. Ela dedicou sua vida para garantir que os tutores de cães e gatos deficientes possam usar cadeiras de rodas gratuitas.

Leia também: Filhote de gato é encontrado perdido dentro de trem e funcionários da estação o resgatam

A História de Shaine

Shaine está no segundo ano do ensino médio no estado de Minnesota, onde vive. Ela conta que aprendeu a fazer os dispositivos depois de assistir a alguns tutoriais no YouTube, e após inúmeras tentativas e erros, Shaine criou uma fundação para fazer cadeiras de rodas feitas à mão para animais de estimação.

A jovem então batizou seus dispositivos de “Wheelies”, e cobra somente o preço de custo dos materiais. “Gosto de animais e quero fazer a diferença de alguma forma”, disse Shaine à FOX-9. “Eu salvei algumas vidas e realmente espero salvar mais.”

A jovem conta que não pensa apenas em cães e gatos, mas sim em todos os animais com deficiência. Criando então  dispositivos para todos, desde um minúsculo Chihuahua a um Dogue Alemão.

Shaine criou um “auxiliar de locomoção” unicamente para um ouriço, não é um máximo? Ela nos conta que o próximo passo é um ‘carrinho de rodas’ para um pato deficiente.

A Fundação

Seu primeiro cliente foi um dogue alemão cego de apenas sete meses, chamado Cypress (cipreste). De acordo com a tutora do cachorro, Jennifer Latham, o corpo do animal tem uma deficiência que o impede de se locomover normalmente, fazendo seu corpo se inclinar pra frente.

Jennifer disse que sem uma cadeira de rodas, o animal não seria capaz de se mover e só poderia passar a vida inteira deitado – o que obviamente não é uma opção para um cão gigante como o Dogue Alemão; ele acabaria sendo sacrificado antes de atingir a idade adulta.

Cypress ganhou uma cirurgia para reduzir a deformidade, mas ainda requer uma cadeira de rodas. Porém, segundo o tutor, o preço do equipamento ultrapassa os US $ 1.500 (8.400 reais), valor irreal para a família.

Leia também: Cadela que foi jogada de carro em movimento se reencontra com dono após um ano desaparecida

Shaine fez uma cadeira de rodas para a Cypress e cobrou apenas US$ 300 – valor necessário para a compra de peças e ferramentas. A jovem disse que a melhor recompensa é ver o bichinho se adaptar e andar.

O valor das cadeiras costuma ser entorno de US$ 300 (equivalente à R$ 1750) e compete contra as empresas que visam lucro e cobram US$ 1.000 (equivalente à R$ 5500) para os mesmos dispositivos.

Veja o vídeo sobre a história da jovem:

O principal objetivo de Shaine é começar a fabricar cadeiras de rodas e doá-las a centros de resgate de animais perdidos. Muitos cães e gatos foram sacrificados por deficiência física e pela falta de um adotante, mas o adolescente queria mudar essa situação.

Shaine expandiu sua fundação para tentar ao máximo incluir animais de estimação que vivem em abrigos.

A jovem enfatiza que embora os tempos possam ser difíceis, ela diz ficar emocionada com todo o apoio que recebe de pessoas generosas que a ajudam financeiramente. “Muitas pessoas estenderam a mão e doaram, o que é simplesmente incrível”, disse ela à FOX-9.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *