Cãozinho que ficou preso em poça de piche por 5 dias foi resgatado por pessoas caridosas

Ao redor de todo mundo, os cachorros são um dos mais (se não o mais) populares animais presentes nos lares das famílias. Pelo seu comportamento carinhoso, protetor e fiel, os caninos ocupam a posição de animal favorito de muitas pessoas. Contudo, em alguns países, existem muitos cachorros em situação de rua. E hoje, contaremos a história de um cãozinho advindo dessa situação, que acabou passando por maus bocados.

A história aconteceu na Polônia, onde um cãozinho acidentalmente acabou ficando preso em uma poça de piche. Para quem não sabe, o piche é um material utilizado para formar estradas e, quando começa seu processo de secagem, torna-se muito rígido. E isso, entrelaçado ao pelo de um animal, ainda mais de pequena estatura, impossibilita por completo a locomoção do mesmo.

O cão já encontrava-se preso há 5 dias na poça. E foi quando finalmente foi ouvido por trabalhadores locais que chegaram e viram o cãozinho, que estava numa situação deplorável. Por isso, contataram uma ONG protetora de animais, que prontamente seguiu para o resgate do animal.


Veja também: Pit bull idoso que ficou 200 dias esperando por família que o abandonou ganha um novo lar amoroso

Assim que chegaram, a ação de resgate já começou. E para a positiva surpresa de todos, o cãozinho cooperou o máximo que pôde para ser resgatado. “Ele entendeu que estava sendo resgatado” Afirmou uma das líderes da ONG e da ação de resgate ao cãozinho da poça de piche.

Felizmente, o procedimento foi um sucesso e o animal foi prontamente encaminhado para uma clínica veterinária. Lá, passou por uma bateria de exames e tratamentos e milagrosamente não ficou com nenhuma sequela do ocorrido.

Depois de estar tudo bem, um dos integrantes da ONG resolveu adotá-lo, e o batizou como “Farcik”. Agora, Farcik possui uma família e poderá viver sua vida de maneira tranquila e sem mais perigos que enfrentava quando vivia em situação de rua.

E aí, gostou do post? Não se esqueça de curtir e compartilhar!

Leia também: Cãozinho terapêutico ajuda funcionários da saúde a suportarem a rotina de trabalho cansativa

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *