Cachorrinha leva sua bola até o carrinho de bebê recém-nascida para que ela brinque de jogar

A doce cachorrinha Luna estava cheia de alegria e expectativa pela chegada de sua irmãzinha humana Martina. Parecia que ela sabia muito bem que estava prestes a ter uma nova melhor amiga e companheira de brincadeiras.

Durante toda a gravidez, Luna sempre insistiu em ficar ao lado da mãe María Fernanda Osterling.

“Eu estava muito curiosa para saber se isso continuaria depois que Martina nascesse”, disse Osterling. “E fui agradavelmente surpreendida.”

Assim que Martina nasceu, Luna a acolheu ainda mais do que Osterling esperava. “Ela a trata como sua irmã”, disse Osterling. “Ela a protege, cuida dela e fica ao seu lado quando Marti dorme.”

Mas o que Luna parece não entender ainda é que Martina tem que crescer antes que elas possam brincar juntas.

 

Outro dia, Osterling notou Luna entrar na sala com sua bola azul favorita na boca, algo que ela faz quando quer mostrar que quer brincar de pegar.

Em vez de entregá-la a um adulto na sala, no entanto, Luna levou para o carrinho de Martina, inconsciente de que jogar uma bola está um pouco além da capacidade da recém-nascida.

 

Luna pode ter ficado um pouco chateada porque Martina não entendeu a brincadeira, mas ela parecia mais do que feliz em tentar incluí-la na diversão de qualquer maneira.

“Fiquei muito emocionada porque me mostrou que Luna ama Martina, embora Martina ainda não possa mostrar o mesmo a ela”, disse Osterling. “Eu sei que Luna a ama muito e quer estar com ela e brincar.”

Felizmente, não demorará muito para que Martina possa participar totalmente da brincadeira. Para Luna, ela vale a pena esperar.

Confira o vídeo do momento fofinho:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.